Um bom plano de LGPD pode ajudar o bom nome da sua empresa

Desburocratização de procedimentos na Receita Federal
Desburocratização de procedimentos na Receita Federal
30 de junho de 2022
Novos valores de depósito recursal começam a valer
Novos valores de depósito recursal começam a valer
3 de agosto de 2022
Um bom plano de LGPD pode ajudar o bom nome da sua empresa

O Valor Econômico trouxe recentemente importante matéria[1] sobre o impacto que a falta de um bom plano de proteção de dados pode causar para a marca de uma empresa eventualmente vítima de ataques cibernéticos.

Os dados pessoais têm cada vez mais sido vistos como um precioso ativo das empresas. Como é de se esperar, como todo ativo com valor, é cobiçado por pessoas que não possuam motivos tão nobres. Tal ativo, embora em posse da empresa, não pertence a esta, mas sim ao seu possuidor, o cliente final.

E com esse cenário, especialmente com a especialização legislativa cada vez mais presente, as empresas se veem na necessidade e implantar bons planos de proteção dos dados que estão sob sua posse, para evitar não somente eventuais multas da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD, as quais podem ser expressivas, mas também, e não menos importante, danos à imagem da empresa.

O vazamento de dados tem sido levado em consideração pelo consumidor na hora de permanecer fiel a determinada empresa. Para se ter ideia, 48% (quarenta e oito por cento) das pessoas entrevistadas em uma pesquisa[2] sobre vazamento de dados informou que deixaria de comprar nesta empresa, em caso de vazamento dos seus dados.

A proteção aos seus dados é considerada, portanto, pela metade dos consumidores na hora de permanecer comprando em determinada empresa, motivo mais que justo e relevante visto que o ataque a microempresas cresceram 102% (cento e dois pro cento) comparado ao ano anterior.

Multa expressiva e danos à imagem da empresa são “incentivos” mais que suficientes para que as empresas, independente do seu tamanho, busquem se atualizar e aprimorar na proteção dos dados.

Danilo Fortunato

Rodrigo Bruno Nahas

[1] https://valor.globo.com/patrocinado/microsoft/ciber-seguranca/noticia/2022/05/19/vazamentos-de-dados-provocados-por-ataques-ciberneticos-colocam-reputacao-das-empresas-em-risco.ghtml
[2] Estudo da Zoho realizado pela plataforma Toluna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − nove =